Controle dos Bambus Alastrantes

Nos parques e centros de pesquisa na China são utilizadas valas para controlar o crescimento dos rizomas das espécies alastrantes de bambu. Conforme pesquisas os rizomas das espécies alastrantes podem crescer de 6 a 10 metros por ano. Assim, o planejamento antes do plantio é essencial. Uma estrada, um riacho ou lago, um pasto, cada um desses obstáculos pode ser usado no entorno do plantio para controlar o seu desenvolvimento. Os rizomas são geralmente rasos, ficam de 20 a 40cm de profundidade dependendo das condições do solo, sendo assim as valas podem ter de 30 a 40cm de largura por 50 a 70 cm de profundidade. Podem ser secas ou funcionar como valas de drenagem. Em ambos os casos os rizomas não conseguem atravessar e morrem. dsc05887dsc06026

1 comment to Controle dos Bambus Alastrantes

  • Conceição Irineu

    EXCELENTE MATÉRIA. ERA O QUE EU ESTAVA PRECISANDO PARA CONTROLAR O BAMBU QUE PLANTEI EM MINHA PROPRIEDADE.