Eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal da Gestão 2018-2020

Amigos do bambu,

Comunico que foi realizada, no último dia 05/12 , a Assembleia Geral para a Eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal da BambuSC para a gestão 2018-2020, conforme previsto na convocação para a mesma. Vejam abaixo a relação dos cargos e das pessoas eleitas:

Cargos Nomes dos eleitos
Presidente Thiago S. Ornellas
Vice-Presidente Hans J. Kleine
Primeiro(a) Secretário(a) Laila Nuic
Segundo(a) Secretário(a) Sumara A. S. Lisbôa
Primeiro(a) Tesoureiro(a) Marcelo Venturi
Segundo(a) Tesoureiro(a) Tiago O. Guex
Conselho Fiscal Marcos S. Marques
Conselho Fiscal Daniela W. R. Santos
Conselho Fiscal Ari L. Boehme
Suplente Rodrigo C. Primavera
Suplente Gilmar A. Telles
Suplente Dóris P. C. Cury

A nova gestão eleita inicia o seu mandato a partir de janeiro e significa uma importante renovação de quadros nos cargos principais (em negrito), visando dar um novo impulso às atividades da BambuSC, que haviam regredido nos últimos três anos, a ponto de colocar em risco a sobrevivência da entidade.

O novo presidente eleito, Thiago Ornellas, é agrônomo pesquisador e doutorando em genética vegetal na UFSC, com especialização em micropropagação de bambu, além de ser o principal instrutor dos cursos de treinamento da BambuSC. Ele tem representado a BambuSC em diversos eventos dentro e fora do estado de Santa Catarina e já é bastante conhecido na comunidade bambuzeira.

A primeira secretária, Laila Nuic, é arquiteta pesquisadora e doutoranda na UFSC, com foco em arquitetura com bambu. Acabou ingressar na BambuSC.

O primeiro tesoureiro, Marcelo Venturi, é mestre em agronomia e doutorando em geografia na UFSC, sendo um dos co-fundadores da BambuSC.

Desejamos à nova equipe muito sucesso e a todos os membros da BambuSC um Feliz Natal e um excelente Ano Novo.

Abraços,
Hans
Diretoria eleita para o período 2018-2020

Na foto acima, da direita para a esquerda: Laila Nuic, Sumara A. S. Lisbôa, Marcos S. Marques, Thiago S. Ornellas, Hans J. Kleine e Marcelo Venturi. Foto: Ari L. Boehme.

 

 

Projeto BambuSul: Listagem dos Trabalhos Acadêmicos

Amigos do bambu,

Repasso, com muita satisfação, os títulos dos trabalhos acadêmicos já concluídos ou em andamento, desde 2014 até o momento, conforme listagem (anexo) recebida do Coordenador Dr. Miguel Guerra. Observem que há seis outras universidades envolvidas, além da UFSC.

Apenas para relembrar: foi a BambuSC que apresentou ao prof. Guerra a chamada do Edital CNPq Nº 066/2013, tendo ele aceito o desafio de criar e coordenar o Projeto BambuSul e submetê-lo à aprovação do órgão patrocinador. A BambuSC também participa ativamente do projeto, ministrando cursos e produzindo material didático para difundir a cultura do bambu. A duração do projeto, inicialmente prevista para apenas dois anos, foi estendida por duas vezes pelo CNPq, em função dos bons resultados obtidos, existindo a possibilidade de nova prorrogação para 2018.

Abraços,
Hans

Projeto Bambusul – Trabalhos Acadêmicos

 

Fomento à Cultura do Bambu em São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo apresentou parecer favorável ao projeto de lei do vereador Abou Anni que trata da Política de Fomento à Cultura do Bambu.

A iniciativa pode estimular outras cidades a adotar modelos semelhantes e  agilizar a implantação cadeia produtiva do bambu no Brasil.

Para conhecer os pareceres das comissões onde o projeto de lei já foi aprovado, clique nos links que seguem
PL SP 116-2015 – Parecer AP
PL SP 116-2015 – Parecer PU

Livro Digital: Bambus no Brasil

A Embrapa lançou em outubro de 2017 o livro digital Bambus no Brasil: da biologia à tecnologia.
O livro teve organização de Patrícia Maria Drumond, Guilherme Wiedman e é parte integrante das atividades previstas no Memorando de Entendimento assinado em 2011 entre o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil e o Ministério de Ciência e Tecnologia da República Popular da China para cooperação bilateral em ciência e tecnologia na área de desenvolvimento em bambu, que tem como instituições executoras a Embrapa e a CAF (Chinese Academy of Forestry), respectivamente.

O livro pode ser baixado no site da Infoteca da EMBRAPA gratuitamente.
Para baixá-lo basta clicar na imagem da capa abaixo.

 

Seminário Internacional sobre Bambu – Acre

Seminário Internacional sobre Bambu: integrando saberes, potencializando parcerias será realizado entre os dias dias 23 e 26 de outubro de 2017, no Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre, campus Rio Branco, AC, Brasil.

É um evento técnico-científico executado no âmbito do Memorando de Entendimento assinado entre o Ministério de Ciência, Tecnologia e Comunicação do Brasil (MCTIC) e o Ministério de Ciência e Tecnologia da República Popular da China (MOST) para cooperação bilateral em ciência e tecnologia na área de desenvolvimento em bambu; que tem como instituições executoras a Embrapa e a Academia Chinesa de Florestas (CAF).

O evento é parte integrante da Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, organizada pela Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre e tem como objetivos principais:

1. Proporcionar aos participantes informações sobre a cadeia produtiva do bambu no Brasil, na Colômbia, na China, no Equador e no Peru.

2. Divulgar os principais resultados obtidos pelos projetos executados no âmbito da Chamada Nº 66/2013 MCTI/AÇÃO TRANSVERSAL/CNPq.

3. Promover um ambiente favorável à elaboração de novos projetos em parceria.

4. Lançar o livro “Bambus no Brasil: da biologia à tecnologia”.

Maiores informação através do site do evento: www.embrapa.br/seminariobambu

1a Expo Bambu – Tatuí/SP

Acontecerá em Tatuí, São Paulo, a 1ª EXPO BAMBU.O evento ocorrerá entre os dias 10 e 12 de Novembro. Além de inúmeras palestras de especialistas de renome internacional, também serão apresentados produtos, máquina e equipamento para o aproveitamento do Bambu.

1a Expo Bambu Tatuí/SP

Visita da Comissão Chinesa à UFSC/BambuSC – Fotos

Seguem algumas fotos da visita da Comissão Chinesa à UFSC e a BambuSC.

 

Visita da YNBAR a UFSC e BambuSC

No último dia 16 de outubro a BambuSC recebeu em Florianópolis um grupo de três técnicos chineses da YNBAR – Associação dos Produtores de Bambu e Rattan da Província de Yunnan/China, para troca de informações sobre a cadeia produtiva do bambu.

Entre as atividades desenvolvidas destacaram-se as visitas à coleção de bambus da Fazenda Experimental da Ressacada e também aos laboratórios de micropropagação, ambos da UFSC, onde algumas espécies de bambus estão sendo cultivadas e reproduzidas para fins didáticos e de pesquisa.

Depois foi realizada uma reunião com participação dos visitantes chineses, de pesquisadores da UFSC e de membros da BambuSC, para estabelecer uma agenda de futuros projetos.

As principais conclusões/decisões foram:

• Yunnan e SC estão situados praticamente na mesma latitude, embora em hemisférios opostos. Assim o clima é parecido e as espécies cultiváveis também.
• A Região Sul tem as temperaturas mais baixas no Brasil, o que permite o cultivo tanto de espécies alastrantes, quanto o de entouceirantes.
• Estas afinidades entre Yunnan e a Região Sul do Brasil aproximam os interesses entre a BambuSC e a YNBAR, até porque ambas são entidades não governamentais e sem fins econômicos.
• Segundo os visitantes, a Região Sul dispõe de suficientes recursos naturais e humanos para desenvolver a cadeia produtiva, facilitando a transferência tecnológica.
• A YNBAR gostaria de receber demandas específicas sobre projetos de transferência tecnológica, porque dispõe de técnicos experientes em todos os ramos da cadeia produtiva. Entre outras foram destacadas duas tecnologias disponíveis: 1) implantação de um banco de sementes certificadas e com elevada taxa de germinação e 2) um método de preservação com garantia de durabilidade por 20 anos.
• A BambuSC solicitou à YNBAR o acesso a estas tecnologias, bem como a indicação de alguma pessoa fluente em inglês para permitir a troca de mensagens futuras por e-mail entre as duas entidades.
• Foi indicada também a necessidade de visitas de representantes da BambuSC e da UFSC na Província de Yunnan, para conhecer a realidade local.

Muitas informações foram trocadas ao longo do dia, com destaque para as tentativas de identificação de algumas espécies, que serão complementadas com mensagens posteriores por parte dos visitantes. Todos consideraram as atividades muito ricas e produtivas, apesar da restrição criada pela necessidade constante de um tradutor.

Abraços,
Hans
Presidente da BambuSC

Encontro de Bambuzeiros

A BambuSC organizará um encontro no dia 28 de setembro, das 19 às 21 horas, no Centro de Ciências Agrárias da UFSC, no auditório do Departamento de Fitotécnia, situado no bairro Itacorubi.

O tema do encontro é sobre cursos recentemente assistidos na China e no Rio de Janeiro por parte de três membros da BambuSC. São eles:

  • Bruna Amante: cadeia produtiva – China
  • Thiago Ornellas: micropropagação – China
  • Marcos Marques: construção com Jörg Stamm – Tibá Rio

Cada um apresentará o seu relato por 20 min e haverá mais 10 min para perguntas. Achamos que esta é uma forma eficiente de compartilhar os conhecimentos adquiridos e de estimular novas participações em cursos realizados em outras partes do mundo.

O evento é grátis então é só chegar!

Reunião BambuSC

Amigos da BambuSC,

Convidamos os interessados a participar da reunião que será realizada no dia 10 de maio (próxima quarta-feira), das 19 às 21 horas, no CCA – Centro de Ciências Agrárias da UFSC. O assunto principal da pauta é a discussão e definição de um novo rumo para a entidade. O encontro será no andar térreo do prédio principal, ao lado da biblioteca. Quem chegar após o horário indicado deve se informar na portaria (situada na entrada do CCA) sobre o local da reunião.

Cordialmente,
Diretoria BambuSC